fbpx

Dicas para cuidar do gato no verão

O verão é uma das estações do ano preferidas dos humanos, nós sabemos bem, mas como será que os bichanos lidam com os dias mais quentes? Afinal, será que aquele tanto de pelo influencia em alguma coisa? Eles tomam mais água do que o normal? Há alguma diferença no horário das refeições?

São muitas as dúvidas! E os tutores mais preocupados querem realmente saber: como cuidar do gato no verão e tornar a estação ainda mais divertida para os felinos? E, principalmente, quais são os principais cuidados com a saúde dos gatinhos durante o calor?

É pensando no bem-estar do seu pet e de toda a sua família que preparamos este conteúdo! Quer saber mais? Então confira abaixo!

Como cuidar do gato no verão: dicas práticas para tutores de primeira viagem

Que os gatinhos não são muito fãs de água, isso não é segredo para ninguém. Então, diferentemente de um cachorro que adora uma farra na piscina com a família ou um bom banho de mangueira, os gatos têm outras formas curiosas de se refrescar no verão.

E nem adianta ficar no pé, tutor! Esses bigodudos são muito independentes e não gostam de alguém em cima o tempo todo. Por isso, a melhor alternativa é agir estrategicamente e cuidar do gato no verão sem deixá-lo desconfortável.

Afinal, o verão é uma época de diversão e relaxamento, e deve ser aproveitado da melhor forma pela família inteirinha. Incluindo nossos gatitos.

Podemos descobrir muito sobre as necessidades dos nossos bichanos apenas observando seu comportamento. Alguns gatinhos, principalmente os castrados, são naturalmente mais preguiçosos, já outros gostam de fugir e farrear por aí o dia todo. Tem aqueles que até gostam um pouco de água, outros que não podem nem ouvir a palavra banho.

Suas personalidades são únicas e diversas. E especialmente quem tem mais de um peludinho em casa, já deve ter percebido isso. Então entender o que o seu gatinho precisa e o que o deixa confortável é quase que um trabalho de observação. E, por isso, os dias mais quentes do ano podem ser um grande desafio para os tutores.

No entanto, algumas práticas e técnicas têm funcionado bem de forma geral. Digamos que alguns padrões se repetem, mesmo nas sete vidas dos nossos gatinhos. Então, deixamos aqui algumas dicas de como cuidar dos felinos neste período.

Mantenha seu gatinho sempre hidratado

Essa dica, que vale para todos, é uma das mais importantes quando falamos sobre cuidar do gato no verão. Manter água sempre limpa e fresca, e disponível em todos os lugares onde o seu gatinho gosta de passear, é fundamental.

Vamos nos lembrar de que os bichanos não gostam de se sentirem sufocados ou pressionados. Por isso, mesmo que perceba que seu gatinho não está consumindo água como deveria, não adianta forçar, combinado? Apenas espalhe vários recipientes pela casa e nos locais externos onde ele gosta de andar.

E, é claro, ninguém merece água quente no calor. Então, se possível, coloque algumas pedrinhas de gelo nos bebedouros dos felinos. O gelo manterá a água fresca e os gatinhos podem se divertir tentando pegar.

Evite deixar seu peludinho muito tempo sob o sol

Assim como acontece com cada um de nós, humanos, os animais também sofrem com a exposição direta ao sol. E não apenas com aquela sensação insuportável de calor, mas também com queimaduras e doenças de pele.

Então evite deixar seu gatinho muito tempo sob a incidência direta de luz do sol. E sabemos que é difícil controlar cada passo que o seu peludinho dá, mas algumas técnicas podem ajudar.

Troque a caminha e os brinquedos do seu gatinho de lugar, caso estejam sob o sol. Mesmo que os gatos sejam animais de rotina e não gostem de mudanças, evite deixar seus objetos mais queridos em locais muito ensolarados.

Da mesma forma, caso tenha um local da casa preferido do seu pet que receba muita luz do sol, providencie pequenas coberturas improvisadas. As telas de sombreamento cumprem bem esse papel. Além de permitir a passagem da luz, a tela deixa o ambiente mais fresco e contém proteção UV.

Não se esqueça do protetor solar!

Você sabia que os pelos dos pets não são um problema no calor? Muito pelo contrário, os pelos são uma camada de proteção natural da pele que evita queimaduras e diversas alergias. Então nada de tosar seu gatinho no verão, certo?

No entanto, se o seu peludo não for tão peludo assim, invista em um bom protetor solar para pets. Esse produto, se adquirido de uma marca de sua total confiança, é muito seguro e vai garantir que o seu gatinho não sofra com os efeitos da exposição ao sol.

Caso fique na dúvida sobre qual protetor solar para pet comprar, peça a ajuda do seu veterinário. Ah, e não se esqueça de ler todas as especificações na embalagem.

Ofereça petiscos mais leves

Cuidar do gato no verão não exige apenas uma mudança na rotina, mas também uma mudança na alimentação. Com o calor, o nosso metabolismo fica um pouco mais lento e demoramos mais para digerir todos os alimentos consumidos. O mesmo acontece com o seu pet.

Por isso, muito cuidado com o que você oferece ao seu gato. Sabemos que alguns gatinhos podem ser pequenos saquinhos sem fundo, e aceitam de bom grado todos os petiscos para gatos que vierem. No entanto, todos os petiscos, assim como as rações, devem ser bem mais leves durante este período do ano.

Tente trocar os petiscos gordurosos por pequenas quantidades de frutas, como maçã, pera e, é claro, aquelas que ajudam a hidratar, como melancia e melão. Você pode até fazer um sorvetinho com essas frutas e um pouco de água. Além de nutrir, também hidrata e refresca!

Ah, e os petiscos da Cat Zone são super leves e auxiliam bastante na manutenção da saúde do seu gatinho. Então que tal fazer o teste e oferecer uma opção mais saudável e equilibrada para o seu bigodudo?

Gostou do nosso conteúdo? Então leia também: Saiba a importância do banho a seco para a saúde de seu Ronron

Mais posts!

Para que serve o bigode do gato?

O bigode do gato, feito de fios de queratina, é essencial para o equilíbrio do animal e jamais pode ser tosado ou cortado. Isso porque,