fbpx

Gato com pulgas: como evitar os parasitas

O verão já está quase acabando e os dias mais quentes serão gradualmente substituídos pelas noites mais frias. No entanto, alguns resultados do verão podem perdurar pelas próximas estações e tirar o sossego dos tutores. Sim, estamos falando do gato com pulgas em casa.

Infelizmente, apesar de todas as vantagens, o verão é a estação que marca o recorde de registros de infestações por parasitas, em especial as pulgas e carrapatos.

Seja pela temperatura e a umidade, que facilitam a proliferação desses bichinhos, ou mesmo pelo hábito de passear do lado de fora de casa. Uma coisa é fato: seu felino corre sérios riscos de desenvolver uma infestação.

Por isso, é preciso que o tutor fique sempre atento à saúde da pele e pelos do seu gato. Principalmente quando o peludinho é fujão e não para quieto dentro de casa. O contato direto com outros animais que já sofrem com a infestação pode piorar ainda mais o quadro.

Quer descobrir como evitar um caso de gato com pulgas? Confira abaixo as dicas que separamos para você e mantenha seu bichano protegido.

Você tem um gato com pulgas? Saiba o que fazer!

O primeiro passo, antes de tudo, é verificar se seu pet tem sofrido com a infestação causada pelos parasitas. Para isso, basta analisar bem de perto a pele e os pelos do seu animalzinho.

As pulgas são bem pequenas e às vezes difíceis de serem identificadas, no entanto, deixam para trás pequenas sujeiras que facilitam o processo. Procure sobre a pele do seu gato pequenos pontinhos pretos, muito parecidos com uma pimenta-do-reino moída.

Caso encontre alguma coisa, vasculhe em busca de insetos miúdos e escuros (semelhantes aos da imagem abaixo). Essas são as pulgas que têm incomodado seu gatinho.

No entanto, caso não consiga encontrar as pulgas, mas tenha notado que seu pet tem se coçado muito e sua pele apresenta pequenas feridas, siga com os mesmos cuidados.

É muito comum que as pulgas se concentrem em algumas áreas específicas: como o pescoço e a cauda. Comece por esses dois lugares.

Comece limpando sua casa

Caso você tenha um gato com pulgas ou pelo menos suspeite, comece o processo de eliminação dos parasitas limpando a casa. E aqui não estamos falando apenas da faxina semanal.

Remova todo o lixo orgânico, assim como as folhas e arbustos secos. Esses locais são os preferidos das pulgas e, mesmo que seu pet esteja livre dos parasitas, apenas se aproximar desses locais pode causar uma nova infestação.

Não se esqueça de também higienizar a casinha, cama, almofadas e outros pertences do seu pet semanalmente.

Escove seu gato com mais frequência

A segunda dica é manter seu gatinho sempre bem escovado e limpo. E não se preocupe, os pets adoram ter seus pelos cuidados pelos tutores!

Esse hábito, além de deixar o bichano ainda mais charmoso, vai ajudar a remover o excesso de pulgas e permite identificar qualquer sinal incômodo. Sobretudo na pele do animalzinho.

Ao escovar seu gato, fique atento a qualquer sinal de coceira ou pequenos parasitas passeando pelos seus pelos.

É hora de um banho

Sempre ouvimos que os gatos detestam tomar banho (ou entrar na água) e, por isso, têm seus próprios hábitos de higiene. Essa não é uma verdade absoluta, mas também está longe de ser um mito.

Afinal, alguns gatinhos podem apresentar certa aversão ao banho e, naturalmente, se mantêm limpos sozinhos, apenas com algumas lambidas. Entretanto, no caso de uma infestação de pulgas e carrapatos, por exemplo, o banho talvez seja uma excelente opção.

Além de ajudar a eliminar o excesso dos parasitas, um bom banho vai deixar seu pet limpo e fresquinho por muito mais tempo. Você só precisa ser criativo para tornar esse momento agradável para o bichano, assim como selecionar produtos que sejam seguros e próprios para a higiene dos gatos.

A Cat Zone tem uma linha completa de produtos para banho de gato, desenvolvidos com elementos de altíssima qualidade e testados e aprovados por uma equipe de veterinários especialistas.

Cada shampoo para gato tem uma fórmula própria para atender a todas as particularidades dos peludinhos. Por isso, é muito importante verificar no rótulo suas recomendações.

Soluções antiparasitas

Se você acabou de salvar seu gato com pulgas de uma infestação, você é um tutor muito responsável. Entretanto, é preciso garantir que o quadro não se repita e que seu felino se mantenha seguro por muito mais tempo.

Uma excelente opção é o investimento em coleiras antiparasitas ou comprimidos para a prevenção e segurança do seu bichano. Esses produtos podem ser facilmente encontrados em clínicas veterinárias e lojas para pet, e farão com que as pulgas e os carrapatos fiquem bem longe do seu gatinho.

Apesar de seguros e testados, esses produtos interferem no organismo do seu pet e, por isso, recomendamos que marque uma consulta com um veterinário de sua confiança. Esse profissional será capaz de avaliar a saúde do seu bichano e recomendar a melhor solução para vocês.

Gostou das nossas dicas? Então leia também: Dente de gato precisa de cuidados também!

Mais posts!

Para que serve o bigode do gato?

O bigode do gato, feito de fios de queratina, é essencial para o equilíbrio do animal e jamais pode ser tosado ou cortado. Isso porque,