fbpx

OUTUBRO ROSA: Câncer de mama também afeta os pets

Assim como em humanos, os cães e gatos também podem ser acometidos por tumores mamários. Com maior incidência em fêmeas, sendo mais comum em cadelas com idade entre 4 e 12 anos e, em gatas, a partir de um ano. Contudo, uma pequena porcentagem, menos de 5% também acomete os machos. 

Segundo dados do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), a incidência da neoplastia alta, atinge cerca de 60% das cadelas e 30% das gatas e, cerca de 80% dos casos de neoplastias em cadelas, correspondem a neoplastias malignas, já em gatas este percentual chega à 90%. 

Um número que poderia ser menor caso a conscientização e prevenção fossem realizadas da forma correta, pois boa parte dos tutores, ainda não possuem informações sobre os riscos do câncer de mama em pets.  

ENTENDA OS SINAIS

Para identificar os sinais dos tumores em cadelas e gatas é importante ficar atento ao surgimento de nódulos nas mamas e em feridas que podem aparecer na mama ou ao redor da pele. Outros sinais também podem aparecer, como dores, inchaço e o aumento das mamas e secreções. 

Ao identificar alguns desses sintomas o pet deve ser levado imediatamente ao médico veterinário.

Mais posts!

Para que serve o bigode do gato?

O bigode do gato, feito de fios de queratina, é essencial para o equilíbrio do animal e jamais pode ser tosado ou cortado. Isso porque,